Quinta-feira, 7 de Outubro de 2004

Especial: Survival Horror - Parte II

Parte II


 


Em 1999 um pouco tapado pela sombra do RE, chega a primeira resposta ao nível do jogo da Capcom, por parte de uma outra empresa japonesa, a Konami. Silent Hill apresenta-se como sendo um jogo de “terror ausente” porque no ínicio sabemos que algo nos desorienta, algo nos mete medo mas não sabemos o quê.

Num ambiente muito surreal e diferente do que alguma vez tinhamos visto, assumimos o papel de Harry Mason que sofre um acidente de carro perto de uma vila. Quando acorda pouco depois e não sabendo da sua filha que viajava consigo, começa numa procura desenfreada para a encontrar. Dirigimo-nos para uma cidade na esperança de que ela esteja lá mas ao chegarmos deparamo-nos com um cenário de abandono, uma cidade fantasma cheia de nevoeiro envolvendo as ruas, completamente vazia. Daqui em diante estamos entregues a nós próprios, sabendo que a vida da nossa filha depende de nós, isto se ela ainda estiver viva...

A nível de jogabilidade nada de novo, o habitual em jogos do género até então. A nível gráfico, a Konami deixou de parte os cenários pré-renderizados do título da Capcom e costruiu uma cidade 3d de raíz. Apostando no terror psicológico e num ambiente pesado,  que é capaz de nos deixar confusos ao fim de uma hora e meia de jogo, finalmente aparecia um concorrente à altura de Resident Evil embora estranhamente o título não tenha sido muito notado aquando do seu lançamento na Europa.



dc3.jpg




Shinji Mikami que trabalhou em Resident Evil, decide no mesmo ano lançar Dino Crisis evoluindo dos cenários 2D para 3D total, incluindo dinossauros pelo meio, num título com muita acção sempre presente. Com algumas mudanças a nível de jogabilidade, a possibilidade de disparar em movimento, a possibilidade de escolhermos múltiplos caminhos para evoluirmos no jogo, entre outras. Um título bem aceite que aproveitou  a onda de RE.


No mesmo ano é lançado o terceiro título da série de RE de sub-título: Nemesis, Resident Evil 3 surge a prometer mais terror e mais envolvência no enredo do jogo. Neste jogo, somos Jill Valentine uma vez mais ( uma das personagens de possível escolha do primeiro jogo ) e agora temos uma área muito maior para percorrer, dentro de Racoon City, enquanto tentamos escapar do misterioso Nemesis que nos persegue ao longo do jogo. Com a presença deste novo vilão foi introduzida uma nova lufada de ar fresco de acção no título, e que por vezes nos deixava com o coração das mãos quando por pouco não eramos apanhados pelo zombie que teimava em não morrer, deixando um pouco de parte os puzzles característicos da série. De referir que a história deste RE antecedia os acontecimentos de RE2 assim como aqueles que se seguiram. Lançado para Psone, PC e mais tarde para DC conseguiu manter mais uma vez tudo aquilo que a fez uma das séries de maior sucesso dos jogos de computador e principalmente de consolas.



rcvx.jpg





Com o aparecimento das consolas de nova geração, primeiramente a Dreamcast, surge um novo título RE. Tratava-se de Resident Evil: Code Veronica, o primeiro título da série dos zombies realmente em 3D, deixando para traz os cenários pré-renderizados que davam um aspecto inovador aos seus antecessores. Neste RE a 128 bits, somos mais uma vez Claire RedField que continua na senda do seu irmão. Tal como RE3, RE:CV trouxe inovações à série, nomeadamente a possibilidade de Claire usar 2 armas ao mesmo tempo e a fascinante mistura de CG com apresentações ao estilo de cinema, entre outras. Uma das maiores queixas por parte  dos jogadores era a grande necessidade de conservar munições no decorrer do jogo, que chegava muitas vezes a levar ao desespero o jogador com o dedo pesado no gatilho (ou na tecla de disparo). Mais tarde, quando apareceu a consola 128 bits da Sony PS2, com o subtítulo de X, o jogo foi lançado com gráficos melhorados entre outras novidades, numa remodelação do título da consola da Sega.



Em 2000, a Psone, que recentemente tinha assistido ao nascimento da sua irmã PS2, recebe a sequela do jogo de terror da Square: Parasite Eve 2. Ouvindo as opiniões dos jogadores em relação ao primeiro título, quase todos os elementos de RPG que não foram bem sucedidos no seu antecessor, foram retirados dando maior enfâse às características de survival horror que o aproximavam da série RE. O título tinha ainda uma longevidade menor que o original,sendo composto por 2 cds. Embora tenha tido maior aceitação do que PE1, as críticas não se fizeram esperar, caindo principalmente no fraco enredo do jogo.


Quase ao mesmo tempo, é lançado Dino Crisis 2, esquecendo totalmente os puzzles, e mostrando uma componente na sua maioria arcade-like, bastando alvejar dinossauros para avançar para a área seguinte. Um jogo “insuficiente” para a fome dos “RE fans”, que deixou muito a desejar.



o3.jpg




Na Ps2 surgiram ainda, pela Capcom a série Onimusha, já com três títulos no mercado sendo que Onimusha 3 lançado este ano é uma das obras com maior qualidade que a consola já recebeu. Pela parte da Konami foi lançado Silent Hill 2, o primeiro título da série a 128 bits, Silent Hill 3 e recentemente Silent Hill 4, todos num estilo igual ao primeiro, apelando ao horror e ao extremismo do terror psicológico. Alone in the Dark fez também a sua primeira aparição nas consolas da nova geração com The New Nightmare, um jogo muito fraquinho, que teria sucesso se tivesse sido lançado há uns 5, 6 anos atrás, dadas as suas características pobres. Surgiu ainda Project Zero, um jogo japonês, em que o objectivo era tirar fotos a fantasmas numa mansão abandonada. Este título conta também com uma sequela lançada recentemente.


Por parte da Sony, apareceu Forbiden Siren, um jogo promissor, com um ambiente muito envolvente e uma boa mecânica de jogo, embora dada a enorme expectativa antes do seu lançamento, não tenha correspondido ao nível de um bom título de Survival Horror.



fs1.jpg




Ainda neste mês Obscure chegou para ficar e para mostrar que o género de SH não está totalmente explorado, mostrando uma nova faceta dos jogos de terror colocando-nos no papel de um grupo de adolescentes que frequenta uma escola como as outras, normal de dia e que de noite se torna no pior pesadelo de qualquer um.



obscure.jpg



The Suffering,Clock Tower 3 e Dino Crisis 3 também merecem a devida atenção, entre outros tantos que não foram referidos.


Em jeito de conclusão, a lista de survival horrors lançados para as plataformas existentes no mercado é enorme, e neste especial apenas foram mencionados alguns, sem faltarem os marcos do passado que deixaram um legado para os jogos do futuro.
 


É um género, que tal como vemos nos recentes títulos lançados, ainda tem muito para dar e que promete continuar a deliciar “gamers” em todo o Mundo e a fazer delirar as empresas que os lançam.


sh4.jpg




Artigo por: Blinkin

publicado por hogwart às 19:30
link do post | comentar | favorito

Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

posts recentes

[360] Trailer de Naruto R...

[Multi] Notas Famitsu

[Multi] Notas Edge

[360] Vídeos ingame da Be...

[Multi] Top Software / Ha...

[Wii] Vídeos de Resident ...

[Multi] Mais detalhes par...

[Multi] Trailer de Fractu...

[PSP] PSP baixa de preço ...

[Multi] Vídeos de Colin M...

[Multi] Famitsu anuncia o...

[PSP] Trailer de Wipeout ...

[Wii] Pub Resident Evil 4...

[NDS] Vídeos ingame de FF...

[Multi] Top Software / Ha...

[PS3] Trailer de Tekken 6

[Multi] Top Software - Re...

[Multi] Vídeo ingame de U...

[Wii] Capcom com projecto...

[PSP] Trailer 300 March t...

[NDS] Novas imagens para ...

[PS3] Vídeo ingame de Vir...

[PSP] Final Fantasy faz 2...

[Multi] Trailer de Strang...

[Multi] Notas Edge

[PC] Vídeo de Thorins em ...

[Multi] Notas Famitsu

[PSP] Trailer de Chili Co...

[Multi] Notas Game Inform...

[PC] Intro de WOW: The Bu...

[Multi] Top Software / Ha...

[PC] Crysis@CES07

[PSP] Conteúdo exclusivo ...

[360] Lost Planet - Revie...

[PS3] Detalhes europeus p...

[PS3] Publicidade PlaySta...

[PS2] FF XII a 22 de Feve...

[NDS] Trailer de FFXII Re...

[360] Crackdown com invit...

[360] Irmãos Stamper aban...

[PSP] Tales of the World:...

[PSP] MGS: Portable Ops 2...

[Multi] Top Software - Re...

[360] Halo 3 - Acção Inga...

[NDS] 5 milhões para Drag...

[PS3] PUB Final Fantasy X...

[PSP] PSP com disco inter...

[PS3] GTHD Demo

[GP] Boas Festas

[Wii] Datel prepara versã...

arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

subscrever feeds