Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAMERS PARADISE

GAMERS PARADISE

FF VII: Advent Children & Kingdom Hearts II

hogwart, 21.03.05

square_enix_logo.JPG

Shinji Hashimoto, produtor de Final Fantasy VII: Advent Children e Kingdom Hearts II deu uma entrevista reveladora sobre estes que são dois dos mais aguardados projectos da Square Enix.


O filme Final Fantasy VII: Advent Children (FFVII: AC), é uma sequela do jogo lançado em 1997 para PlayStation, Final Fantasy VII (FFVII), para muitos o melhor jogo daquela consola e o melhor da série Final Fantasy (FF).


No decorrer da entrevista surgiu o já tão discutido assunto de um ramake de FFVII poder eventualmente surgir numa consola da corrente geração ao que Hashimoto respondeu que de momento não há qualquer tipo de plano para o fazer.


Outro dos pormenores revelado sobre o filme é o facto de algumas das figuras chave de FFVII estarem a trabalhar em FFVII: AC. Tratam-se de Yoshinori Kitase como co-produtor, Tetsuya Nomura como realizador, Kazugshige Nojima como guionista e Yusuke Naora como “art director”.


O filme terá uma duração de cerca de 70 minutos e não de 90 conforme se havia especulado sendo que o formato do mesmo ainda não é conhecido.


A equipa de desenvolvimento do filme está a utilizar o software de animação 3D “Maya”. Este é o mesmo software utilizado na feitura do primeiro filme realizado pela Square, Final Fantasy: The Spirits Within (FF: TSW). Alguns sistemas de desenvolvimento interno ajudaram também no processo já que o “Maya” pouco evoluiu desde FF:TSW. Mesmo tendo em conta essa curta evolução do software Hashimoto frisou bem que a experiência ganha aquando do desenvolvimento de FF:TSW foi agora exponenciada, aumentando em muito a qualidade de FFVII: AC.


Quando questionado sobre como surgiu a ideia do filme, Hashimoto disse que originalmente isto não era suposto ser um filme. “Não o vemos como um filme. É mais como uma colecção de clips que se tornou demasiado longa, mas não foi um projecto em que tivéssemos pensado muito nem feito grandes reuniões para discutir grandes ideias sobre o seu conceito. Saiu assim como que naturalmente.”


Não foram revelados pormenores no que diz respeito à história, mas ficamos com a confirmação que o filme explicará muita coisa para aqueles que estão familiarizados com a história do jogo e das suas personagens, mesmo que o não tenham jogado.


Em relação a Kingdom Hearts II, Hashimoto disse ter sentido uma grande confiança por parte da Disney depois do sucesso alcançado pelo primeiro episódio da série Kingdom Hearts. “Conquistada essa confiança, agora podemos desenvolver um pouco mais os acontecimentos da série, providenciar novas descobertas e surpresas, algo que antes era completamente impossível.”


Uma destas alterações reflecte-se na atmosfera muito mais “dark” do jogo. O equilíbrio que permite que gamers mais novos e mais velhos gostem do jogo continua a estar presente mas de uma forma diferente daquilo que estamos habituados a ver a Disney fazer. “Nós adicionamos mais mistérios e coisas do género, o que levará os gamers mais velhos a também se interessarem pelo jogo”. prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />


O conceito geral do jogo irá manter-se neste segundo episódio da saga, mas foram feitas algumas alterações ao nível do sistema de jogo. As principais mudanças resultam na maior quantidade de eventos por nível, como mini-jogos, etc. A outra mudança muito saudada pelos fãs é a já conhecida rectificação feita na câmara de jogo, talvez a maior crítica do primeiro título.


Embora continuem a não existir datas de lançamento em relação a FFVII: AC e KHII, Hashimoto garantiu que brevemente será feito um anúncio sobre o assunto.


Com a E3 cada vez mais perto tudo indica que possamos saber ainda mais sobre estes dois títulos brevemente.