Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAMERS PARADISE

GAMERS PARADISE

Análise - Metal Gear Solid 3: Snake Eater

hogwart, 23.03.05

mgs3_capa.jpg

Metal Gear Solid 3: Snake Eater     prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />


Plataforma: PS2


Género: Acção / Aventura


Lançamento: Já disponível


Desenvolvimento: Konami


Editora: Konami


Site oficial: http://www.konamijpn.com/products/mgs3/english/


Sim, sim, sou um grande fã de MGS e devem achar que só vou dizer bem do jogo (de facto, existe pouco a dizer de mal... ), mas vou deixar a minha alma de "fã" do jogo agora para tentar fazer uma critica sem spoilers e com toda a informação necessária.


Ora bem, para começar, MGS 3 é uma prequela dos MGS anteriores. Passa-se por volta dos anos 60, durante a "Guerra Fria". Controlamos Snake numa grande aventura onde este irá atravessar florestas, montanhas, bases militares, etc...


São vários os ambientes e cenários por onde passamos neste jogo, mas a maior novidade são mesmo os cenários exteriores, com grande destaque para as florestas. É já aqui onde podemos ver várias novidades e alterações na jogabilidade.


mgs3_1.jpg

O objectivo continua a ser o mesmo: passar as áreas do jogo sem ser descoberto. Uma espécie de jogo do gato e do rato. Mas a forma como progredimos em MGS 3 é bem diferente das formas dos outros MGS. Temos que dar muita atenção ao cenário que nos rodeia e aproveitá-lo ao máximo, desde escondermo-nos em erva alta, encostarmo-nos a árvores, etc.


Para isso, é preciso também ter a camuflagem adequada. Por exemplo: andar em erva alta (uma área verde, portanto) com um fato vermelho não é eficaz. É preciso alterar o aspecto de Snake, modificando a rua roupa e a pintura da cara conforme o ambiente que o rodeia. Se quisermos estar camuflados numa árvore é preciso ter a roupa e a pintura de cara adequada, e vice-versa.


mgs3_2.jpg

Como podemos saber se estamos bem camuflados? No canto superior direito existe um tipo de medidor de camuflagem que se manifesta através de percentagens. Quanto maior for a percentagem, melhor estaremos camuflados e, logo, com mais dificuldade os nossos inimigos nos irão encontrar.


A IA dos inimigos também está bastante melhor e mais exigente. O campo de visão deles é bastante maior e até mesmo muito mais "real". De facto, é difícil calcular ao certo uma distância de segurança entre Snake e um guarda, pois já não existe um radar para nos indicar o seu campo de visão (o que é um dos aspectos que nos faz ser mais cuidadosos em MGS 3), e o campo de visão deles varia sempre como nós estamos camuflados. São bastante mais cuidadosos e duros, quando os defrontamos em combate.


mgs3_3.jpg

Existem ainda itens que nos permitem ver as posições dos guardas (e dos animais). No entanto, também é preciso gerir bem a utilização destes itens, visto que todos gastam bateria e, quando esta chega ao fim, não os poderemos utilizar durante algum tempo. Mas não há que preocupar muito, pois a bateria vai sempre recuperando energia lentamente.


Outra coisa a ter em conta é a barra de Stamina de Snake. Convém ter sempre esta barra em níveis altos, pois controla vários aspectos de Snake. Por exemplo: quanto menor estiver a barra, menor será a pontaria de Snake e mais lentamente ele recupera a sua energia. Sim, porque agora não existem Rations como nos MGS anteriores! Aqui Snake recupera das suas feridas naturalmente e lentamente (por vezes existem feridas mais graves que temos que tratar manualmente, mas já falamos disso) e é por isso que também se deve ter a barra de Stamina alta.


mgs3_4.jpg

Para controlar a barra de Stamina, Snake terá que procurar caçar e comer, que é mais uma das grandes novidades de MGS 3. De facto, a quantidade de seres vivos que existem neste jogo e que Snake pode comer são mesmo muitas. Existe quase todo o tipo de animal: cobras, coelhos, ratos, cogumelos, esquilos, sapos, etc… mas não é assim tão simples quanto isso, pois existem vários tipos de animais que poderão não contribuir muito para aumentar a barra de Stamina. Ou porque estão venenosos, ou porque estão podres, ou porque Snake simplesmente não gosta. Além disso, embora possamos levar muitos animais connosco para os comermos (ou utilizarmos, pois podemos atirar, por exemplo, cobras venenosas aos guardas, para os distrair), só poderemos levar três animais vivos, pois só temos três jaulas. As vantagens de os manter vivos são que nunca se apodrecem, sabem melhor, entre outras.


mgs3_5.jpg

Uma das grandes novidades deste novo MGS é a inclusão de um sistema de cura da nossa personagem. Durante toda a aventura iremos enfrentar vários perigos e, consequentemente, podemos sofrer graves lesões, grandes cortes, ter balas no corpo, etc. Para remediar isso tudo, teremos que ir à opção “CURE” e curar Snake.


Ao início pode parecer que é um sistema complicado e muito complexo mas, na verdade, é bastante simples de utilizar. Se Snake ficar envenenado, teremos que lhe aplicar uma injecção de Serum. Se quisermos retirar balas do corpo, teremos que retirar a bala com a faca, desinfectar e aplicar uma ligadura por cima. E por aí fora… são várias as formas como Snake pode ficar ferido e várias as formas como teremos que o curar.


mgs3_6.jpg

Outra grande novidade é a inclusão de um novo sistema de combate corpo-a-corpo, denominado por CQC (Close Quartes Combat). Com CQC, Snake pode controlar melhor e mais facilmente os guardas do que nos MGS anteriores, onde apenas se podia dar soco-soco-pontapé. Em MGS 3 também se pode fazer isso, mas é muito melhor utilizar CQC. Existem várias técnicas CQC. Podemos, por exemplo, aproximarmo-nos dos inimigos, agarrar-lhes e atirar-lhes ao chão com uma imensa força, deixando-os inconscientes. Quando agarramos um guarda, também temos várias opções ao nosso dispor. Podemos interrogar-lhe, servir de barreira humana, partir o pescoço, cortar a garganta com a faca, entre outras.


MGS 3 também se tornou mais “silencioso” do que os anteriores. Teremos que andar mais devagar e com cuidado para que os guardas não nos ouçam, teremos que utilizar bastante os binóculos para estudar bem a área de jogo e planear uma forma de progredir, enfim, são várias as estratégias que teremos que planear no jogo inteiro.


mgs3_7.jpg

Como não podia deixar de ser, podem contar com uma excelente historia que fará inveja à maioria dos filmes de Holywood! Contem com momentos de grande acção, humor, amor, e até mesmo situações “confusas” (como todos os MGS têm não é?) que nos levarão a passar o jogo mais vezes para percebermos melhor a historia.


Irão ver também muitas questões deixadas pelos MGS anteriores respondidas (assim como também irá deixar outras questões em aberto).


Contem também com batalhas de bosses memoráveis que, na minha sincera opinião, MGS 3 é o MGS com as melhores batalhas de bosses.


mgs3_8.jpg

Sem estragar nenhuma surpresa, posso dizer-vos que das mais originais são as batalhas com The End e The Sorrow. Agora porquê, isso descubram vocês!


Para acabar, podem também contar com gráficos de luxo, que realmente puxam pela consola e espantam.


Uma banda sonora simplesmente fenomenal, de autoria de Harry Gregson-Williams, com várias musicas excelentes.


mgs3_9.jpg

MGS 3 é sem duvida um grande jogo que ficará na memoria de muitos e que poderá ser mesmo considerado como um dos melhores jogos feitos até hoje. Acima de tudo, é sem duvida o melhor Metal Gear feito até hoje. É que dá mesmo vontade de gritar: BRAVO KOJIMA!!!


Gráficos: 10 / 10 (Simplesmente espantosos e um dos poucos jogos que puxa pelas capacidades da PS2!)


Jogabilidade: 10 / 10 (Foram feitas várias alterações no mundo MGS e todas saíram excelentes!)


Som: 10 / 10 (Musicas simplesmente fenomenais e efeitos sonoros igualmente excelentes.)


Longevidade: 9 / 10 (É uma grande aventura e, mesmo assim, de certeza que o irão passar várias vezes para descobrir segredos, experimentar bónus, perceber melhor a historia, etc.)


Nota Final: 10 / 10 (MGS 3 é um jogo que vai ficar para a historia. Tudo neste jogo está maravilhoso. Os gráficos, o som, as inovações introduzidas, enfim, TUDO resulta de forma excelente e proporciona um grande entretenimento. Dá mesmo vontade de dizer: BRAVO KOJIMA!!!)


Analisado por: _snake_