Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GAMERS PARADISE

GAMERS PARADISE

Sony Computer Entertainment processada

hogwart, 29.03.05

dualshock2.jpg

A Immersion Corp. processou no já longínquo ano de 2002 a Sony Computer Entertainment Inc. e a Sony Computer Entertainment America devido ao uso do sistema que faz tremer os comandos Dual-Shock.


Segundo a Immersion, este sistema de “touch-feedback” é da sua autoria e está devidamente patenteado nas autoridades competentes.


O processo já vai longo e no passado mês de Setembro de 2004 a Sony foi processada em primeira instancia a indemnizar a Immersion em qualquer coisa como US$82 Milhões.


A Sony decidiu então recorrer da decisão e agora surge a sentença após o recurso que agrava a indemnização para US$90 Milhões e lança a proibição de comercialização de todos os produtos que utilizam essa tecnologia.


Estes produtos vão desde a primeira PlayStation, passando pela PlayStation 2, PSOne e PSTwo, e mais de 40 títulos, nomeadamente A Bug's Life, Amplitude, Ape Escape, Atlantis: The Lost Empire, Bloody Roar 2, Cool Boarders 3, Cool Boarders 4, Cool Boarders 2001, Crash Bash, Crash Team Racing, Drakan: The Ancients' Gate, Emperor's New Groove, Extermination, FantaVision, Final Fantasy X, Formula One 2001, The Getaway, Gran Turismo, Gran Turismo 2, Gran Turismo 3, Grand Theft Auto: Vice City, Grand Theft Auto 3, Grind Session, ICO, Jak & Daxter, Kinetica, Kingdom Hearts, Legend of the Dragoon, The Mark of Kri, Medal of Honor Frontline, Medievil 2, Metal Gear Solid 2, Monster's Inc., Sly Cooper and the Thievius Racoonus, SOCOM Navy Seals, Speed Punks, Spyro: Ripto's Rage, Spyro: Year of the Dragon, Stuart Little 2, Syphon Filter 2, Syphon Filter 3, Tony Hawk's Pro Skater 3, Twisted Metal: Black, Twisted Metal 4, Twisted Metal: Small Brawl, Treasure Planet e War of the Monsters. prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />


A Sony apresentou então novo recurso o que anulou as anteriores sentenças, o que permite pelo menos para já a normal comercialização dos produtos PlayStation e dos tais 40 títulos.


Em relação à nova PlayStation Portable e como é lógico, a sentença não se aplica já que esta não faz uso da referida tecnologia.


O que torna todo este processo ainda mais bizarro é o facto da Microsoft ter sido alvo de idêntico processo por parte da Immersion mas neste caso tudo se ter resolvido rapidamente com um acordo onde a empresa de Bill Gates pagou uma indeminização de US$26 Milhões pela licença, valor que comparado com o que a Sony enfrenta é sem dúvida uma bagatela.


Mais pormenores para breve…